Peão morre após ser pisoteado por touro

O peão de rodeios Uéliton Flávio de Oliveira, 24, morreu na noite deste domingo (8) ao ser pisoteado por um touro enquanto participava de uma exposição agropecuária em Paranaíba (MS). É a segunda morte de peões na atual temporada de rodeios no país.

Oliveira disputava a semifinal da montaria em touros da 56ª edição da Expopar (Exposição Agropecuária de Paranaíba) e, ao cair do touro, foi atingido na nuca pelas patas do animal e ficou imóvel no chão, revela o MSN.

Nas arquibancadas, a tensão tomou conta do público presente. Imediatamente após ser pisoteado, o locutor de rodeios pediu que a assistência médica entrasse na pista para atender Oliveira.

Ele foi socorrido e encaminhado a um hospital, mas não resistiu à gravidade do ferimento e morreu, segundo o organizador do rodeio, Bruno Cicuto.

O acidente encerrou as competições e a Polícia Civil foi chamada. “Estamos muito tristes, foi uma fatalidade. O que ocorreu pode acontecer em todos os rodeios, é um esporte muito perigoso”, disse o organizador.

Na montaria, Oliveira utilizava itens de segurança, como colete e capacete. O peão estava em 11º lugar na classificação geral e precisava de uma boa montaria para ter chance de título no rodeio. O vencedor do evento levou um prêmio de R$ 15 mil.

Ainda de acordo com Cicuto, a empresa amparou o trabalhador pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Nacional) e também com seguros de vida.

Por meio de um comunicado, a Expopar informou “não ter palavras para descrever” a tristeza com a morte do peão.

“A noite de domingo foi muito triste para Paranaíba, perdemos um herói que representava nossa cidade nos rodeios do Brasil e será esta imagem que vamos guardar dele.”

O peão era de Santa Fé do Sul (SP), mas morava em Paranaíba e era muito conhecido na cidade. O corpo do competidor foi enterrado nesta segunda-feira (9) na cidade sul-mato-grossense.

Antes de Oliveira, em maio um outro peão morreu em arenas de rodeios no país. Giliard Antônio, 24, também foi pisoteado por um touro e morreu ao competir na 46ª Expoingá (Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá).

O evento na cidade paranaense foi promovido pela PBR (Professional Bull Riders), que informou que todos os procedimentos necessários foram tomados pela equipe médica ainda no local.REGRAS DA

MONTARIA EM TOURO

Objetivo

Peão precisa ficar oito segundos montado no touro para pontuar; se cair antes, a nota é zero

Pontuação

São avaliados os desempenhos do peão e do animal, com no máximo 50 pontos para cada um; a soma deles é a nota do participante. Montarias consideradas boas recebem acima de 85 pontos

O que não pode

Peão deve usar só uma mão na montaria; se encostar a outra no touro, é desclassificado. Também não é permitido “enroscar” a espora na corda para buscar firmeza

Segurança do touro

Espora pontiaguda é proibida, para não machucar o animal

Segurança do peão

Competidor pode optar por usar capacete e/ou colete.

10/07/2018

(Visited 10 times, 1 visits today)